City Hall

Em City Hall me sinto na obrigação de falar sobre a crítica. City Hall tem como pano de fundo, a política, e é altamente crítico com relação a ela e sua corrupção, morosidade, burocracia e cinismo etc, etc, etc. Eu nunca me delicio tanto quanto estou rasgando o verbo em uma crítica cruel e visceral (risos) e é sempre a melhor parte. E sabe por quê?

Exatamente porque enquanto estou em meus edredons, comendo pipoca e assistindo tudo o que conseguir com o ar-condicionado ligado, tem uma produção inteira por trás daquilo, com todos seus problemas e dificuldades e horas de trabalho cansativo embaixo do sol e suando muito, o qual eu demoro only cinco minutos para destruir completamente com uma frase totalmente enfática, exagerada e rígida como: “Nossa, mas que drama horrível, vocês não perderiam o tempo de vocês assistindo isso”.

É interessante observar o peso e os lados da mesma moeda. Assim como em City Hall julgam a corrupção política sem estarem envolvidos com o assunto diretamente, nós também como telespectadores podemos julgar como acharmos necessário o drama que nos dispomos e sacrificamos nosso tempo assistindo.

Nada mais justo que ser um consumidor que avalie o que está digerindo e pedir qualidade nisso. É porque muitas vezes parecemos grandes carrascos ao falar sobre grandes produções em nenhum tipo de “piedade”, “ponha na balança o trabalho duro que eles tiveram”, mas na verdade, nenhum de nós em qualquer situação cotidiana faz isso.

E pouco me importa por na balança o trabalho duro que eles tiveram se aos meus olhos não foi agradável o suficiente. Não adianta as pessoas tentarem ser boas de modo “imparcial” e julgar de acordo com seu leque geral de piedade ambulante se no final um dia todos nos pegaremos sendo julgados de modo “parcial” e totalmente equivocado ever. Tudo bem que isso não é desculpa para participar do mal da crítica, mas crítica é assim ou você tem ou você não tem, desculpa vocês.

Falar sobre política é outro grande pepino e todos esses outros assuntos em que as pessoas se acham corretas e com a razão sempre. O drama trata isso com muita leveza, podendo assim assistir até aqueles que correm de assuntos mais sérios e pesados. No geral o drama traz a ideia de que todo político que quer se manter no meio ou “subir” de cargo deve necessariamente ser corrupto e o principal Cha Seung Won aka Jo Gook que quer ser um político renomado aka presidente da Coréia do Sul, traz em si esse embate sobre ser corrupto ou não e por vezes se vê levado pelas situações.

Quando vai para o interior, à uma província chamada Inju para ser vice-prefeito, conhece Shin Mi Rae aka Kim Sun Ah, que é uma funcionária pública menor, que trabalha no gabinete do prefeito cuidando de coisas pequenas como levar café para os funcionários. Shin Mi Rae tem uma personalidade considerável e toda a comicidade do drama está na personagem dela. Cha Seung Won apesar de ser ótimo como personagem cômico aqui não é tão explorado. Kim Sun Ah atua maravilhosamente e só por ela estar em cena você já se vê pronto a rir.

Shin Mi Rae se vê endividada e precisando de dinheiro resolve participar de um concurso de beleza. Ela vence o concurso e descobre que foi enrolada, que a verba para o concurso foi lavada e ela não receberá o prêmio. Ela resolve investigar sozinha e Jo Gook também está em Inju para essas investigações, eles acabam se ajudando. Dentro dessa esfera, está o casal Choo Sang Mi como Min Joo Hwa e Lee Hyung Chul como Na Jung Do ambos políticos e em crise no casamento. Joo Hwa é ambiciosa e corrupta e Hyung Chul está desencantado com a profissão e a corrupção e se vê gostando (mais ou menos) de Mi Rae.

Shin Mi Rae desde o começo da trama dá em cima de Jo Gook de maneira que ele acaba gostando dela, de sua forma diferente de se expressar e ser engraçada naturalmente. É ela quem será seu apoio e aliada nesse novo governo que pretende formar em Inju. Será ela a candidata à prefeitura de Inju. É um casal maduro (ambos divorciados) e ao longo da história temos o desenrolar de um belo romance, onde Jo Gook faz de tudo para não gostar dela, têm brigas constantes e grande atração entre eles… Jo Gook tem uma noiva sem graça e um filho bonitinho. Esse casal MARAVILHOSO de atores MARAVILHOSOS que ficaram MARAVILHOSOS juntos e que só por isso vale a pena ver ><.

Eu diria que um ator bom conta e muito para a elevação de uma produção (qualquer que seja).

“Ó e agora, o que Jessica Jung acha disso?”

Esse post foi publicado em City Hall, K drama e marcado , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para City Hall

  1. Lukas disse:

    Pois pensei que vc estava amando esse drama ‘kk… Dramas como City hall fazem o estilo de drama que eu costumo gostar, mas ele nn me chamou atenção e ficou só na lista, e ingue do elenco me chamou muita atenção, se vc tivesse falado super bem dele eu teria dado uma chance, mas já que nn pareçe ”tão bom assim” é melhor eu adiar…

    PS: Vc vai ver o drama da Jessica Jung?, seria legal vc comentando o drama dela, se bem que me disseram que o drama é ruim ¬¬

    • migraziele disse:

      Olha confesso que preferi City Hall a Dream High, me empolguei mais vendo kkk (não me mata)…
      Super bem já é demais rsrsrs É Bom com B maiúsculo.
      Pretendo sim ver o Wild Romance, mas já me disseram que ambos são ruins kkkk preciso conferir

  2. O que me levou a ver esse drama realmente foram os atores principais que estão na minha lista de atores coreanos favoritos. Apesar de gostar dele e realmente achar boa a atuação deles teve uma hora que eu meio que me cansei dessa história de política, o que é uma ironia já que o assunto central do drama é isso. Passei muita raiva pelo sofrimento da personagem da Kim Su Ah de tão envolvida que eu estava no drama. Parei de assistir no ep.12, onde muda a fase do drama se não me engano que é quando ela vira prefeita. Confesso que fiquei apaixonada pelo amigo/secretário lá do principal HAHAHA.
    Pretendo voltar a vê-lo novamente quando a vontade vier…

    Bjs!

    • migraziele disse:

      O que me levou a ver esse drama realmente foram os atores principais que estão na minha lista de atores coreanos favoritos. O que me levou a ver esse drama realmente foram os atores principais que estão na minha lista de atores coreanos favoritos.O que me levou a ver esse drama realmente foram os atores principais que estão na minha lista de atores coreanos favoritos.O que me levou a ver esse drama realmente foram os atores principais que estão na minha lista de atores coreanos favoritos.O que me levou a ver esse drama realmente foram os atores principais que estão na minha lista de atores coreanos favoritos.O que me levou a ver esse drama realmente foram os atores principais que estão na minha lista de atores coreanos favoritos. (6)

      Termina sim!!

      amigo/secretário que tbm fez City Hunter né?!

  3. Imaginei que estava amando o drama kkkkkkk
    Bem… de alguma forma esse drama conseguiu me cativar…acho que foi o romance maduro deles… enfim rsrsrsrsrrss

    Bjss

    ps: no meu blog tem umas perguntas para vc responder dps… se quiser é claro rsrsrs
    ate mais xD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s