The man from nowhere

The man from nowhere ou Ajeossi (2010) é um filme coreano muito aclamado, indicado a categoria de melhores efeitos visuais e que saiu boatos por aí que teria versão americana do filme.

A vizinha de apartamento do nosso “man from nowhere” é uma dançarina de boate, tem uma filha (Somee), é usuária de drogas e se mete em confusão ao interceptar um pacote de drogas de traficantes de drogas e de órgãos. A única coisa que sabemos do “man from nowhere” logo de cara é que ele se fazendo de durão e tem um passado obscuro é realmente sexy. Bin Won é o nome dele. (confiraaaaaaaam)

“The man from nowhere” tem um relacionamento paternal com a filha da vizinha que vive jogada pela rua e furtando em lojas. Já no começo sabemos que ele perdeu pessoas importantes de sua vida (esposa grávida) e resolveu viver “em refúgio”.

A dançarina Park Hae Jung colocou a droga na bag da câmera fotográfica do “man from nowhere”. Essa droga que ela interceptou para ganhar um lucro de 50% era para um grupo de traficantes liderados por Oh Myung Kyu de dois irmãos traficantes de órgãos. Eles conseguem chegar até ela e até o “man from nowhere”, raptam ela e sua filha, enquanto o “man from nowhere” tenta negociar com os dois irmãos traficantes (Jong Suk e Suk Man). É aqui que sabemos o “man from nowhere” sabe lutar e fica muito bem de preto.

Então a coisa muda de figura quando os dois traficantes o usam como laranja para entregar a droga para o Oh Myung Kyu e acionar a polícia. Eles prometem ao “man from nowhere” que entregaram a menina e a dançarina depois que ele entregar a droga. Deram um carro preto para que ele fosse até o local, a polícia chegou e Oh Myung Kyu estava conseguindo fugir e o “man from nowhere” estava atrás dele quando o porta-malas de seu carro abriu e ele viu… a dançarina morta e remendada, sem órgãos. De longe, o melhor momento do filme!

Os homens de Oh Myung Kyu foram presos e o nosso “man” também. Só agora que descobrimos que o nome do nosso “man” é Shik Cha Tae e é então que nós sabemos que seus dados foram “bloqueados”. Ele se lembra da garotinha e foge da prisão.

Dois policiais começam a investigar o caso e principalmente sobre Shik Cha Tae. Sabemos então que Shik Cha Tae é um ex-agente de uma divisão chamada UDU na qual  participava de várias operações secretas. Ele também foi instrutor de artes marciais. Sua missão era desestabilizar as linhas inimigas. Ele é “extremamente brutal” então vocês já podem começar a imaginar as cenas de pancadaria e sangue.

Os dois traficantes de órgãos dão a menina para uma velha que tem várias crianças em sua casa, todos as crianças são filhas de quem tem dívida com eles, assim eles as mantêm para entrega de drogas e também depois para extrair as córneas.

Sem ter o que perder ou com que se comprometer o ajeossi vai atrás da garotinha para salvá-la, matando todos a caminho. Nada que já não vimos antes em filmes de ação em geral. Mas há uma qualidade ímpar de efeitos visuais, sonoros e de fotografia, tudo está muito bem explorado de maneira que você fique sempre à flor da pele, com o coração na mão.

Beijos e abraços para a dupla de traficantes de órgãos que fizeram ótimos vilões. Acho que nós não precisamos ficar aqui discutindo “o que o diretor quis dizer com isso” e fazer análises mirabolantes a respeito do filme. Sobre dor, sobre degradação, sobre limite. Aceitem, uma história é apenas uma história.

Download (tradução de animesxgames):

Parte 1 Parte 2Parte 3Parte 4

“Ó e agora que nota Jessica Jung dá para Bin Won?”

 

Esse post foi publicado em k movie, The man from nowhere e marcado , , . Guardar link permanente.

9 respostas para The man from nowhere

  1. Pers disse:

    Achei o protagonista lindo e sexy, só por isso acho que já vale a pena ver! Além disso, eu AMO um filme de ação! Excelente dica Migraziele!!!!

  2. Vc acredita que eu ia falar desse filme semana passada? kkkkkkkkkkk
    mas fiquei com preguiça…eu amei esse filme..quando tiver com tempinho vou falar sobre ele e aproveitar pra reassistir kkkk

    Beijoss

  3. Jéssica disse:

    Puxa, Migraziele! Eu tenho esse filme aqui, guardadinho no meu pc! Eu fiquei afim de ver ele desde o ano passado quando vi uma postagem sobre ele. Só agora em 2012, é que tomei coragem e baixei, mas ainda não assisti. Mas agora, com o seu post, eu fiquei aqui pensando: ” Esse é mesmo o filme que eu tenho aqui? Essa postagem é tão diferente daquele aquela eu li ano passado”

    Pois é, eu não fazia ideia que ele era tão mais complexo do que imaginava. Muito bom o seu post, me deu mais motivos para querer assistir.

    Bjos!

  4. Pers disse:

    Migraziele, eu imagino que vc já tenha recebido vários selinhos/desafios, mas como achei esse bem diferente, resolvi te indicar, mas super entendo se vc não aceitar! Depois passa lá no blog pra ver, nem que seja só pra ler, tá?

    Bjs

  5. Pingback: Os posts mais vistos em 2013 | TUDO ASFIXIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s