Wild Romance

São 5:39 da manhã e finalmente achei um horário para atualizar o blog. Muito se falou de k pop e Gangnam Style, versão Latino e versão Cauê Moura, mas cá estamos nós para nos abstermos de comentar a respeito de tudo isso e ficarmos só com a parte que nos interessa(?) a atuação até então também muito falada de Jessica Jung em Wild Romance. Não sei por quê, mas me ocorreu que minhas considerações a respeito de Wild Romance são bem melhores do que até eu mesma imaginava. Deram uma personagem esquizofrênica para a Ice Princess!!!1!!!!

Sobre a atuação de Jessica Jung é óbvio que ela se saiu bem, porque: 1) a personagem de Jong Hui caiu como uma luva para a pessoa de Jessica Jung, a que tudo indica traços de ~nada~ foram adotados da própria Jessica Jung; 2) a personagem não requeria mais caras e bocas do que a de pokerface ou OK, que a Jessica Jung já está mais do que acostumada a fazer para as coletivas de imprensa; 3) em 70% das cenas Jessica Jung está dormindo, e nos outros 30% sendo carregada sem se mexer ou falar ou cheia de mimimi; 4) nem de 16 episódios inteiros ela participou, 9 episódios com uma frequência muito pequena em cena (parece que o diretor a poupou de grandes esforços); 5) suas falas não requeriam grande atuação e acho que de ~esquizofrenia~ (esquizofrenia sou eu quem está exagerando, confesso) e bipolaridade ela entende bem; 6) Jong Hui era uma rica artista mimadinha (please)!!!!!!!!!!!

Já não se faz necessário maiores comentários além dos já elencados acima. Fica a critério de vocês analisarem imparcialmente e empiricamente. Rsssssss
Vamos ao drama propriamente dito! O drama merece destaque por não ser APENAS uma história manjadinha de mocinha que não suporta mocinho e depois cai de amores por ele. Estamos falando de um nível mais ~profundo~ de ódio e rancor misturados com fanatismo por time de basebol e característica masculina na personagem principal (aka maria homem) regados com uma profissão bruta de guarda costas e um humor violento daqueles que não se leva desaforo para casa. E também estamos falando de uma loucura maior que rege um grande suspense de uma ~fã~ psicopata tentando matar o ídolo. Estou nesse colocando um óculos absurda, a música gangnam style e me preparando para dançar.

Tudo começa no dia do aniversário do pai de Eun Jae (Lee Si-yeong). Eun Jae, seu pai e seu irmão vão comemorar o aniversário em um karaokê. Eles são fãs e membros de torcida organizada do time de basebol “Gaivotas Azuis”, em uma sala ao lado está Park Muyeol (Lee Dong-wook) jogador mais famoso do time rival “Sonhadores verdes”, em uma confusão Park Muyeol acaba entrando na sala de karaokê ao lado enquanto Eun Jae chega depois e acha que ele está brigando com seu pai, então ela lhe aplica um golpe que ele cai no chão. O que eles não sabiam é que havia uma câmera registrando tudo. No dia seguinte, a internet está em polvorosa com o vídeo chamado “Park Muyeol humilhado”!

wild-romance-lee-si-young

O agente de Park Muyeol é o lindo e maravilhoso nerd, medalha de ouro para esse ator coadjuvante, é o Diretor Kim (Kang Dong-ho) e ele decide que para acalmar os boatos seria melhor contratar Eun Jae como guarda-costas de Park Muyeol e dizer que tudo não passou de uma demonstração de auto-defesa para Muyeol.

Se conhecendo desse modo e Park Muyeol já sendo um “inimigo” por ser batedor do time adversário, não deveríamos esperar uma amizade sem violência e sem brigas da parte do casal principal, e eu diria mais, essa é a parte “romântica” e “legal” do drama. Não poderíamos esperar momentos mais fofinhos do que boas risadas e zoações que um tirava com a cara do outro, tendo em vista a premissa do drama. Nós não estamos falando de uma mulher delicada etc, etc, etc.

Eun Jae passa então a “proteger” Park Muyeol de seus fãs psicopatas que mandam cartas anônimas com seus olhos riscados/marcados e poemas sem noção atrás, tudo não passa de uma fã apaixonada, recalcada e psicopata ao mesmo tempo. Temos vários episódios em que todos personagens amigos de Park Muyeol se dispõem a ajudá-lo a achar o culpado para alguns eventos estranhos que vem ocorrendo contra ele, para acabar com sua carreira e até mesmo matá-lo.

wild-romance-jessica-jung

Eun Jae põe até sua amiga Dong Ah (Lim Joo-eun) para ajudá-la a desvendar esse mistério, uma vez que ela só lê livros, sabe de variados assuntos e é meio lunática. Ela é outra ótima personagem coadjuvante que tem boas falas, damos com ela boas risadas e o que não poderia ser melhor formou um par perfeito com o Diretor Kim e eles fazem um casal ~diferente e nerd~ muito fofo!
Eun Jae começa entendendo as coisas erradas, tirando suas próprias conclusões a respeito de Park Muyeol e sua amiga e esposa Oh Soo-yeong (Hwang Seon-hee) de seu melhor amigo, também jogador o Dong Su (Oh Man-seok). Dong Su é mais velho e logo deixa o basebol e ele é um dos grandes suspeitos de querer matar Park Muyeol.
wild-romance-poker-face

Aparece a antiga namorada de Park Muyeol, Jong Hui (Jessica Jung), bem quando Eun Jae está começando a se tocar que gosta de Park Muyeol. Ela não irá esconder seu ciúmes, ela decide até deixar sem emprego de guarda-costas por não querer vê-los juntos (Park Muyeol e Jong Hui) e a situação fica mais complicada quando Jong Hui é alvo do fã psicopata (sem spoilers maiores) e Park Muyeol pede à Eun jae que cuide de Jong Hui.

Há a situação familiar de Eun Jae onde sua mãe saiu de casa quando ela e o irmão eram crianças e seu pai os criou sozinho, então foram assistir um jogo onde as Gaivotas Azuis estavam perdendo e tiveram esperança de que se ganhassem eles poderiam ter esperanças e ver que a vida poderia melhorar. Seu pai esperou ainda sua mãe por 15 anos (e agora ela estava de volta e seu pai iria perdoá-la de novo). É isso que Eun Jae conta a Park Muyeol e essa é a referência que ela tem sobre amor.

wild-romance-threesome

Park Muyeol se descobre apaixonado por Eun Jae quando Jong Hui propõe para que eles voltem a namorar e ele “não sabe por quê” era tudo o que ele queria antes e já não está feliz como deveria ou como esperou (esperou por 8 anos). Mas, as coisas mudam e é com dificuldade que ele conta à Jong Hui que se seu coração não mudasse ele continuaria a amando da mesma forma, mas o coração muda. Só então vendo-a novamente ele percebeu que já tinha acabado tudo mesmo (mas ele precisava vê-la para se tocar).

Temos então um final com desenrolar do mistério de ~quem é o fã psicopata~ e essas coisas (estou me contendo para não me pronunciar com comentários sobre quem é o culpado) e com direito à Eun Jae salvadora da pátria e do seu amor Park Muyeol. Park Muyeol chama Eun Jae de boba o tempo todo e realmente ela faz jus à palavra. A despeito de algumas pequenas falhas no roteiro como por quê Park Muyeol e Oh Soo-yeong  estavam falando da gravidez de Oh Soo-yeong em um karaokê, da discrepância de Park Muyeol ser machão e encrenqueiro e “nada ser culpa dele” e do culpado não ser lá essas coisas, bom, o drama em tudo foi bom e gostei de assistí-lo.

Dei boas risadas e ainda consegui identificar piadas de roteiro (onde as situações proporcionavam uma cena cômica sem que os personagens dissessem qualquer coisa).
Bom, digo a todos que Jessica Jung não foi uma decepção se comparada com YoonA!!! E ela foi muito muito melhor do que eu esperava! Palmas, palmas.

E já nem é preciso perguntar o que ela acha disso…

Esse post foi publicado em K drama, Wild Romance e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Wild Romance

  1. TGS disse:

    i appreciate your thinking, and the way you express your ideas is amazing.

  2. Eu amo esse drama… amo a mocinha pk ela não é aquelas meninas banca a machona e tudo, ela é quase um macho mesmo xD e cara, eu morria de rir dela tentando se maquiar, se ajeitar… era pior do que eu quando tinha 5 anos xD …
    Amei eles terem ficado juntos sem nenhum dos dois precisar mudar, os dois continuarem com aquele jeito brucutu de ser e se amarem assim mesmo xD
    Sobre a jessica…serio, so passei a gostar dela quando o gato dela morreu .-. a personagem dela me irritava ja pk vivia dormindo xD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s