When a man loves

Faz 5 séculos que estava para publicar no mês de outubro e já é novembro. Depois de perder a dignidade com o título deste post, vamos ao que nos interessa.  “When a man loves” foi o mais curioso drama que assisti. Curioso porque sua história foge dos melodramas convencionais.

When-A-Man-Loves-Poster2

Primeiro porque é O principal – Han Tae Sang (Song Seung-Heon que fez He was cool) e não A principal que tem sua história em foco e talvez por isso mesmo o nosso estranhamento ao nos depararmos com Seo Mi Do (Shin Se-Kyung que fez Fashion King). Ela é o objeto amado, mas está bem longe do que até hoje definimos nas telinhas como exemplo a ser seguido – quando trai – ou de mulher com os atributos merecedores de qualquer amor.

when a man loves

Mas, não é assim, não que ela seja má, mas ela nos decepciona e a decepção faz com que não gostemos dela. Segundo, assim como as características de Mi Do fogem do nosso ideal de personagem, as de Han Tae Sang também não nos convence apesar de serem dignas de nota, uma vez que o seu personagem está em uma posição difícil por ter sido um gangster no passado. Terceiro porque o principal romance está entre nós e os personagens e não necessariamente entre eles. (vamos nos abraçar e chorar agora)

When_a_Man_Loves_-_Korean_Drama-p1

A máxima que encontramos, talvez para ridicularizar nossas pretensões de amor, é a de que o homem quando ama é traído. Como um bom melodrama, ele deve apresentar características realistas que fatalmente não correspondem às nossas expectativas e nos causam dor (de qualquer forma). Talvez eu devesse aqui brincar com o gênero: se fosse uma mulher que amasse, ela amaria sozinha, mas como é um homem, ele é traído (uma vez que ele conseguiu amar).

When_A_Man_Loves-Korean_Drama-0028

O paradoxo do personagem principal é uma bela mensagem: apesar de ser alguém “bruto”, homem de temperamento e rigidez, ele nos encanta pela solidez que alcança ao amar e sobretudo pela importância e consistência que dá a isso (o que também é raro). O paradoxo da personagem também: no começo com seu orgulho e resistência e depois cedendo ao dinheiro e à traição, em meio a um próprio desconhecimento de si mesma e do que quer.

when a man loves3

Mi Do aceita as atenções de Tae Sang por ter uma dívida com ele. Ele é potencialmente um bom partido, por ser rico (agora homem de negócios) e por perdoar a dívida,  uma vez que ela ficar com ele. Ela, sendo de família pobre, maltratada e sem boas condições para almejar qualquer futuro, em qualquer senso comum a melhor opção é aceitar as investidas, se mal não faz que mal tem?

Ela tenta gostar dele e até certo ponto ela sente que pode conviver com ele muito bem, por ele ser amável, prestativo e atencioso. Mas, nada como o tédio no relacionamento para nos questionarmos se ele realmente vale a pena ser continuado… Han Tae Sang oferece umas férias a Seo Mi Do e nessas férias ela se apaixona por Lee Jae Hee (Yeon Woo Jin) que também tem uma vida dependente de Han Tae Sang (por ser irmão de Lee Chang Hee, que Han Tae Sang considera como irmão também). Então, conhecendo o jovem e bonito Jae Hee ela sem titubear trai Han Tae Sang, certo?

when a man loves2

Mas, sabiamente, retornando da viagem ela pretende que nada tenha acontecido. E é neste momento que desgostamos de Mi Do. Porque nós sabemos do amor de Han Tae Sang e que ele de fato não merece isso. Han Tae Sang pretende ser o mais romântico dos namorados procurando até na internet como se deve fazer. É como se nós também não merecêssemos ver aquilo acontecer para ele. Mi Do sabe que deve muito a ele e tem uma grande e estima por isso que não merece ser ignorada e nem ela mesma ser lançada à rua da amargura.

Tem também toda uma trama paralela sobre Han Tae Sang e seus inimigos gangsteres e a morte do chefe ocorrida há anos atrás que deve voltar à tona…

When-A-Man-Loves-Poster6

Mi Do não gosta principalmente que Han Tae Sang seja um ex-gangster e de toda sua “brutalidade”, ela tem receio que ele seja duro com ela ou que até mesmo a ponha em situações de risco, mas o quê é sua brutalidade comparado ao que acaba sendo o amor desenfreado de Jae Hee que acaba cego de ódio e vingança… Mi Do, a idiota, percebe, tarde demais, que gosta realmente de Han Tae Sang e o que mais a doeu, no final, foi machucá-lo (ela mesma não tinha noção de quanto se preocupou com ele e com seu perdão). Han Tae Sang foi superior em tudo, até em perdoá-la.

Então no final só sentimos dor de ter um personagem tão bonito para uma tão chumbrega! Vamos rir um pouco da cara dela (Shin Se Kyung em My little bride):

mi do feia

Ofereço este post (embora atrasado) ao blog Viciados em doramas! ^^’

Esse post foi publicado em K drama, When a man loves e marcado , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para When a man loves

  1. tahysantis disse:

    Li um pouco atrasado rsrs nem sabia que vc tinha postado a resenha.. mas vamos aos comentarios..
    Primeiramente, achei sua resenha perfeita. Conseguiu demonstrar o tipo de amor que Tae Sang dá a Mi Do, e o tipo de traição Mi Do dá em troca do amor e veneração de Tae Sang. Sinceramente, ate hoje me pergunto.. será que Mi Do foi realmente errada? Quero dizer, ela só queria descobrir seus verdadeiros sentimentos e convenhamos.. Lee Jae Hae sempre demonstrou ser um tipo de principe, enquanto Tae Sang era um tipo de vilão (afinal batia em todo mundo e tinha aquele jeito bruto).. Não digo que ela foi certa e nem errada, mas ainda como ela conseguiu trair aquele homem?? me pergunto ate hj como a/o escritor(a) nao teve impetos de mudar o roteiro ao ver Song Seung Hun ser colocado de lado.. Se fosse eu..com toda a certeza teria mudado o final kkkkkkkk
    Beijos e obrigada pelo carinho ao dedicar ao blog rsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s